Buscar
  • Curso de Inglês Online

Inglês online: confira 5 dicas para aproveitar melhor suas aulas


Distanciamento social por conta da quarentena e a dúvida pairando no ar: como continuar estudando e trabalhando sem manter contato com terceiros?

A modalidade home office atendeu aos profissionais que tinham condições de manter as atividades de maneira remota. Já quanto às aulas regulares e extracurriculares, a saída encontrada foi a transmissão de conteúdo via internet. Para estudantes do mundo inteiro, as aulas online se tornaram um recurso primordial e fortaleceu o mercado de cursos à distância como os de idiomas, por exemplo.

Desde o começo da quarentena decretada em São Paulo, a professora de inglês Michelle Campos transferiu seus alunos particulares para a modalidade virtual que, segundo ela, foi bem aceita por todos os estudantes. “Foi muito bacana essa transição. Por meio de ferramentas de videoconferências comuns, fui criando salas privadas e convidando os alunos para ingressarem no horário combinado. Poder usar slides, vídeos, páginas da Internet e demais recursos audiovisuais me ajudam a tornar a aula mais dinâmica”, conta.

Embora ambas sejam usadas para ensino à distância, existem diferenças entre vídeo-aulas e videoconferência, como no caso da professora. Na primeira modalidade, a aula é gravada antes e fica à disposição dos alunos, enquanto na segunda o conteúdo é exposto ao vivo pelo docente.

Seja como for, o ensino remoto desponta como nova tendência no mercado de ensino, uma vez que, além de implicar menos gastos com deslocamentos e alimentação, o mesmo tem mensalidades geralmente bem mais em conta do que as dos cursos presenciais.

Confira dicas da professora Michelle para se organizar e aproveitar melhor as aulas online: 1. Não subestime o curso Antes de mais nada, tenha em mente que um curso realizado pela internet terá o mesmo nível de dificuldade de um presencial. Muitos acabam se enganando e não levando as aulas à sério. Dessa forma, não se dedicam o suficiente e perdendo resultados.

2. Evite distrações Outra dica efetiva para melhorar o foco e o rendimento nos estudos é fugir de qualquer possibilidade de distração. Procure direcionar sua atenção apenas para o conteúdo das aulas. As notificações do celular, suas músicas favoritas tocando ou uma televisão ligada ao fundo podem acabar com todo o seu poder de concentração.

3. Disponha de boa conexão de internet e acessórios Confira se sua conexão à internet está funcionando bem e é estável, pois as quedas durante as videoconferências atrapalham o aprendizado, causam irritação e distraem os demais alunos de cursos em grupo, por exemplo. Além disso, conte com fones de ouvido, cadernos e caneta à mão, como na escola comum.

4. Tenha um local apropriado para estudos Procure um lugar tranquilo, bem iluminado, que favoreça a sua postura corporal e que seja possível focar nos estudos. Além disso, ter um local fixo ajudará a condicionar o seu cérebro a entender quais são os momentos de estudar e absorver o conteúdo. Concentração é importante neste processo.

5. Evite muito conforto O melhor é ter uma mesa para apoiar os materiais de estudo e sentar-se em uma cadeira adequada para favorecer a atenção. Aulas realizadas com o computador no colo, deitado na cama ou encostado no sofá farão com que o sono e o desinteresse cheguem em poucos minutos e comprometam seu aprendizado.




0 visualização